Vale a pena ler – Qual a sensação de salvar uma vida?

4 maio

O que leva uma pessoa a arriscar a própria vida para salvar a de outra? Coragem, amor, compaixão? O que será que se passa na cabeça de alguém no momento em está rumo a se jogar em um salvamento sem perspectivas.


 
Essas perguntas só podem ser realmente respondidas por quem já arriscou a própria vida para dar à outra pessoa a esperança de viver. Bombeiros, policiais, salva- vidas, ou mesmo anônimos, nossos verdadeiros heróis.
 
Mais imaginem a sensação de ter salvo alguém, ter sido a última esperança e pegar na mão da pessoa e dizer: “ Eu não vou te soltar” e realmente cumprir a promessa e tirá-la do lugar mais terrível que ela podia imaginar, a essa sensação deve ser indescritível.
 
Por outro lado aqueles que salvam vidas, também podem perdê-las, por ter chegado um minuto atrasado, por ter entrado em pânico, ou por ironia do destino, afinal não se pode salvar a todos. E perder alguém deve ter um sabor amargo de decepção, de angústia, mais é um risco que não pode ser temido.
 
Salvando ou perdendo vidas é preciso tentar, afinal de contas a esperança deve ser mantida não importa a situação, pois muitas vezes é ela que nos mantém em pé, pode ser que dizer “ Eu não vou te soltar” não salve a vida de uma pessoa, mais pelo menos a deixará tranqüila e segura em seus últimos momentos e isso já basta.

 
E você por quem arriscaria a própria vida, pra quem diria “Eu estou aqui e não vou soltar a sua mão.”?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: